Blog

Programa de fisioterapia respiratória para recuperados de Covid-19 é instalado na cidade do Rio de Janeiro

Por: Adriano Dias
03/07/2021 – 08h44

Projeto tem a missão de gerar um tratamento adequado para os recuperados pós-Covid. (Foto reprodução Internet)

 

Foi-se o tempo em que fisioterapia era limitada apenas a uma massagem corporal. Com a disseminação da Sars-Cov-2, que causa o novo coronavírus, essa atividade também ganhou o status de auxiliar no processo de reabilitação, prevenção e também na cura das doenças causadas pelo chamado período pós-Covid. Os especialistas explicam que nas hospitalizações pela doença que ainda assola boa parte do mundo, o auxílio da fisioterapia é capaz de acelerar o processo de recuperação do paciente, diminuindo a necessidade de medicamentos e o risco de sequelas após a internação.

Diante destes benefícios, a cidade do Rio de Janeiro deu um passo para auxiliar neste processo após a sanção do projeto de lei que determina que os pacientes curados da Covid-19 que apresentarem sequelas pulmonares vão poder ser tratados, na rede municipal de saúde, por fisioterapeutas graduados e especialistas em Fisioterapia Respiratória. O texto foi publicado no Diário Oficial do Município no último dia 29/06 pelo prefeito da cidade, Eduardo Paes.

 

Em busca do atendimento adequado

A intenção dos idealizadores do projeto é assegurar um atendimento adequado para aqueles que apresentam sequelas pulmonares em virtude da Covid-19. De acordo com o projeto, os serviços vão contar com atendimento de Fisioterapia Respiratória, além de todos os instrumentos, insumos, recursos e especialistas necessários para o seu funcionamento, de acordo com os protocolos de saúde definidos pelas autoridades.

De acordo com um dos autores, o vereador Dr. Carlos Eduardo, o número crescente dos problemas respiratórios após a fase de incubação do vírus fez o projeto ser relevante para a cidade.

“A elevada incidência das complicações respiratórias em razão da fibrose pulmonar, da fraqueza muscular respiratória, da manutenção da hipoxemia e da dispnéia aos esforços têm comprometido a qualidade de vida dos pacientes. E isso nos motivou a apresentar o projeto”, relata o parlamentar.

Para outro responsável da iniciativa, vereador Felipe Michel, o projeto é importante para proporcionar que as pessoas voltem a sua vida normal.

“A Covid-19 é uma doença desconhecida e que vai dia a dia sendo desvendada pela ciência. Uma dessas descobertas é que pacientes com Covid-19 precisam de tempo para reabilitação respiratória total. Estamos acostumados a comemorar pessoas que têm alta, mas também precisamos proporcionar que essas pessoas voltem a sua vida normal, sem sequelas. Algo que só é possível através da fisioterapia respiratória”.

Para aqueles que estão preocupados com os custos aos cofres públicos, um alento: os idealizadores do projeto destacam que a medida não apresenta impactos financeiros novos ou extras na saúde, uma vez que as ações podem ser custeadas com os recursos financeiros federais e próprios do município do Rio de Janeiro.

A importância do tratamento pós-Covid

Os especialistas ressaltam que, além de ajudar no fortalecimento da musculatura esquelética e reduzir a perda de massa muscular durante esse período, a fisioterapia auxilia para atenuar os sintomas cardiorrespiratórios decorrentes da doença. No ambiente hospitalar, a presença do fisioterapeuta é importante tanto para o fortalecimento da capacidade pulmonar nos casos menos graves quanto para a execução de procedimentos mais invasivos em pacientes de UTI.

Veja também: Dispositivo criado por brasileiros pode facilitar diagnóstico de doenças como Alzheimer e Parkinson

> Voltar

© Copyright 2018 - Rádio Rio de Janeiro

Tsuru Agência Digital
Desenvolvido pela