Notícias do Clube

O Clube da Fraternidade é uma forma de contribuir para que os postulados cristãos-espíritas continuem sendo divulgados 24 horas na Rádio Rio de Janeiro. É mais uma maneira de incentivar e colaborar com programação da emissora da fraternidade. Para se tornar um mantenedor, basta preencher o cadastro e fazer contribuições mensais no valor de R$20,00 ou mais.


Aniversariantes de 24/09/22 a 30/09/22

DIONICE  LIMA PENHA RIO DE JANEIRO RJ 24
FABIANO  VILLELA TIJUCA RIO DE JANEIRO RJ 24
JAQUELINE  RODRIGUES RICARDO DE ALBUQUERQUE RIO DE JANEIRO RJ 24
JULIO  CARVALHO CENTRO RIO DE JANEIRO RJ 24
LOURIVAL  RANSATTO PORTUGUESA RIO DE JANEIRO RJ 24
RAUL  SILVA FLAMENGO RIO DE JANEIRO RJ 24
RITA  CHACON JD.NOVA ERA NOVA IGUAÇU RJ 24
TEREZINHA  FURRIEL CIDADE HORÁCIO MAGÉ RJ 24
VIVALDO  SANTOS FONSECA NITERÓI RJ 24
CARLOS  FILHO VALE DO CARANGOLA PETRÓPOLIS RJ 25
CARMOZITA  OLIVEIRA CENTRO MESQUITA RJ 25
CRISTIANE  MOREIRA ENGENHO NOVO RIO DE JANEIRO RJ 25
ELIANE  SILVEIRA PILAR D. DE CAXIAS RJ 25
ELLEN  MACHADO CASCADURA RIO DE JANEIRO RJ 25
FRANCISCO  OLIVEIRA TIJUCA RIO DE JANEIRO RJ 25
HONORIO  FILHO BANGÚ RIO DE JANEIRO RJ 25
MANOEL  PINHEIRO BOLAXA RIO GRANDE RS 25
MARIA  MARTINEZ RECREIO RIO DE JANEIRO RJ 25
PAULO  BARBOSA ICARAÍ NITERÓI RJ 25
UBALDINO  GAMA JD. 25 DE AGOSTO D. DE CAXIAS RJ 25
VIRGINIA  CARVALHO COCOTÁ RIO DE JANEIRO RJ 25
ALBERTO  CHAVES IRAJÁ RIO DE JANEIRO RJ 26
ALVA  COELHO ANDARAÍ RIO DE JANEIRO RJ 26
ANTONIO  FILHO REALENGO RIO DE JANEIRO RJ 26
BEATRIZ  LOPES MÉIER RIO DE JANEIRO RJ 26
CARMEN  REIS RIBEIRA RIO DE JANEIRO RJ 26
ELANGEL  ALVES FREGUESIA RIO DE JANEIRO RJ 26
ELIANA  JESUS JD.CATARINA SÃO GONÇALO RJ 26
ERASMO  ANDRADE TAUÁ RIO DE JANEIRO RJ 26
GUILHERME  VIEIRA FAZENDA BOTAFOGO RIO DE JANEIRO RJ 26
IOLANDA  SILVA PQ. ANCHIETA RIO DE JANEIRO RJ 26
ISABEL  CARIBE VILA VALQUEIRE RIO DE JANEIRO RJ 26
JAMILE  MAIA NEVES SÃO GONÇALO RJ 26
JOSE  FILHO PONTA DE MATOS CABEDELO PB 26
LEONORA  SILVA PACIÊNCIA RIO DE JANEIRO RJ 26
LOURDES  RANGEL RIACHUELO RIO DE JANEIRO RJ 26
ROGERIO  FERREIRA SETOR SUDOESTE BRASÍLIA DF 26
RONALDO  SANTOS JARDIM MERITI S. JOÃO DE MERITI RJ 26
RONY  SILVA VILA SANTA CRUZ DUQUE DE CAXIAS RJ 26
SOLANGE  LAYTER LARANJEIRAS RIO DE JANEIRO RJ 26
UMBELINA  FILHA FREGUESIA RIO DE JANEIRO RJ 26
VERA  LOURENCO FAZENDA SOBRADINHO MAGÉ RJ 26
WILMONT  JABER BOTAFOGO RIO DE JANEIRO RJ 26
ANA  REIS HELIÓPOLIS BELFORD ROXO RJ 27
ANTONIO  SANTOS CANDEIAS J. DOS GUARARAPES PE 27
CARLOS  SOUZA JARDIM SULACAP RIO DE JANEIRO RJ 27
CLAUDIA  SANTOS CACHAMBI RIO DE JANEIRO RJ 27
COSME  HOLANDA RIO COMPRIDO RIO DE JANEIRO RJ 27
FILOMENA  MENDONCA LINS DE VASCONCELOS RIO DE JANEIRO RJ 27
JUREMA  TODOROV CORONEL VEIGA PETRÓPOLIS RJ 27
MARIA  LEITE MÉIER RIO DE JANEIRO RJ 27
MARIA  TORRES PENHA RIO DE JANEIRO RJ 27
NIVIA  ALMEIDA PILARES RIO DE JANEIRO RJ 27
SIBELE  AGUIAR JARDIM CARIOCA RIO DE JANEIRO RJ 27
WANDA  BARBOZA TIJUCA RIO DE JANEIRO RJ 27
ANA  VALUCHE PIRATININGA NITERÓI RJ 28
ARIONE  AZEVEDO GUARATIBA RIO DE JANEIRO RJ 28
CHRISTIANNE  RANGEL FREGUESIA RIO DE JANEIRO RJ 28
CLAUDIA  XAVIER IPIRANGA BELO HORIZONTE MG 28
GUARACI  RIBEIRO COCOTÁ RIO DE JANEIRO RJ 28
IVANI  OLIVEIRA ENGENHO DE DENTRO RIO DE JANEIRO RJ 28
LILA  MELLO MARACANA RIO DE JANEIRO RJ 28
MARINA  SILVA ENGENHO DE DENTRO RIO DE JANEIRO RJ 28
SONIA  PEREIRA ENG. DENTRO RIO DE JANEIRO RJ 28
TELMA  CARREIRA VL. ISABEL RIO DE JANEIRO RJ 28
VANIA  WALDHEIM S. CRISTOVÃO RIO DE JANEIRO RJ 28
VERA  RODRIGUES VL. VALQUEIRE RIO DE JANEIRO RJ 28
ANTONIO  SANTOS REALENGO RIO DE JANEIRO RJ 29
MARIA  PASSOS RECREIO RIO DE JANEIRO RJ 29
MARIA  FERREIRA COPACABANA RIO DE JANEIRO RJ 29
MARIA  AGUIAR B. DA TIJUCA RIO DE JANEIRO RJ 29
RUDI  CARDOSO LINS DE VASCONCELOS RIO DE JANEIRO RJ 29
SANDRA  SILVA NOVA CIDADE RIO DE JANEIRO RJ 29
ADAIR  JANUARIO NOVO HORIZONTE VARGINHA MG 30
ALCIONE  SOUZA TIJUCA RIO DE JANEIRO RJ 30
ANIBAL  FRANCA BAIRRO DE FÁTIMA BARRA DO PIRAÍ RJ 30
JANE  JUSTEN ALTO TERESÓPOLIS RJ 30
LUCIANA  LUZ CASCATINHA JUIZ DE FORA MG 30
MARIA  PERONCHER CACHAMBI RIO DE JANEIRO RJ 30
MARILUCE  CONCEICAO TAQUARA RIO DE JANEIRO RJ 30
NILRA  ARAUJO CENTRO NOVA IGUAÇU RJ 30
OLINDA  REIS JD GUANABARA RIO DE JANEIRO RJ 30
ORBELIO  CORREA VILA SÃO LUIS DUQUE DE CAXIAS RJ 30
ROBERTO  MANFREDO MOQUETÁ NOVA IGUAÇU RJ 30
TEREZINHA  GOMES COLÉGIO RIO DE JANEIRO RJ 30
WALDYR  OLIVEIRA IMPERADOR NOVA IGUAÇU RJ 30
WILIAN  FARIAS JARDIM GUANABARA RIO DE JANEIRO RJ 30
ZELIA  PALMEIRA VL ISABEL RIO DE JANEIRO RJ 30

 

DESTAQUE ESPÍRITA 23.09.2022

NASCIMENTO DE CAIRBAR SCHUTEL (22 DE SETEMBRO DE 1868)

Cairbar de Souza Schutel nasceu em 22 de setembro de 1868, na cidade do Rio de Janeiro, filho do negociante Anthero de Souza Schutel e de Rita Tavares Schutel. Ficou órfão de pai e mãe aos dez anos de idade e foi criado pelo avô, Henrique Schutel, que matriculou o menino no Imperial Colégio de Pedro II.

No educandário, estudou até o segundo ano do Ensino Médio e, logo que atingiu a maioridade, mudou-se da casa do avô e se tornou independente, trabalhando como prático de farmácia (semelhante ao farmacêutico, mas curso superior para tal).

Aos 17 anos de idade, Cairbar Schutel já era um bom prático de farmácia quando decidiu mudar-se do Rio de Janeiro para o Estado de São Paulo. Fixou-se, primeiramente, na cidade de Piracicaba, onde dirigiu a Farmácia Neves, e, posteriormente, em Araraquara e Matão. Naquela época, a vila de Matão contava com poucas centenas de habitantes e tinha características mais próximas da ruralidade. Lutando para que a cidade se emancipasse do município de Araraquara, Cairbar contribuiu de modo decisivo para que Matão subisse à categoria de Município, tendo sido o primeiro Presidente de sua Câmara Municipal (1889). Ele ficou conhecido na política pela sua competência e, com seus próprios recursos, construiu o prédio para a instalação da Câmara Municipal.

Na política, Caírbar não enfrentava oposição, pois pela sua humildade conseguia conquistar os corações de todos, tendo mesmo adquirido, com seus próprios recursos, o prédio para a instalação da Câmara Municipal. Havia em Matão um seu amigo de nome Manuel Pereira do Prado, mais conhecido por Manuel Calixto, cujo pai era o Espírita da localidade. Procurado por Caírbar, o pai de Manuel Calixto lhe asseverou que havia dois anos não fazia mais sessões Espíritas, pois ali só se comunicavam Espíritos atrasados, que pediam missas, e os pedidos eram tantos que ele tinha que arrumar dinheiro para encomendar as missas. Caírbar não se preocupou com a opinião do velho Calixto e fez questão de assistir a um trabalho mediúnico, no qual Calixto recebeu uma mensagem de elevado cunho espiritual que muito agradou ao futuro missionário.

Tempos depois, surgiram nele diversas mediunidades, sobressaindo a da psicografia, por meio da qual o pai se manifestou, provando a sua sobrevivência. Foi então que Caírbar resolveu aprofundar-se no conhecimento doutrinário, estudando as obras básicas de Allan Kardec e todas as outras publicadas em português.

Convertido ao Espiritismo, Caírbar Schutel fundou, no dia 15 de julho de 1905, o Centro Espírita Amantes da Pobreza, o primeiro em toda aquela zona paulista. Fundou também no mês seguinte o Jornal O Clarim, e, no dia 15 de fevereiro de 1925, de colaboração com Luís Carlos de Oliveira Borges, que lhe garantiu os meios materiais, lançava a Revista Internacional do Espiritismo. Esses órgãos circulam até hoje, representando exemplo vivo de luta e de persistência.

Caibar Schutel sabia ser amigo de todos. Sempre feliz no seu receituário, transformou-se em autêntico Médico dos pobres e Pai da Pobreza de Matão, pois receitava e dava gratuitamente os remédios. Sua residência tornou-se numa espécie de Casa dos Pobres, saindo dali diariamente muita gente sobraçando embrulhos de víveres, roupas e até lenha. O sentimento de amor ao próximo teve nele um modelo digno de ser imitado. Atos de desprendimento e de renúncia eram coisas comuns para ele.

Caibar Schutel casou-se, em Itápolis, com Dona Maria Elvira da Silva. Caibar polemista emérito, jamais se curvou as injunções e as perseguições que naqueles tempos se moviam ao Espiritismo. Os próprios adversários do Espiritismo não tinham coragem de atacá-lo, tão grande era a sua projeção moral. E a grandeza da sua dedicação fazia que o estimassem, cheios de respeito.

No período de 19 de agosto de 1936 a 2 de maio de 1937 profere, aos domingos, as conhecidas “Quinze Conferências Radiofônicas”, através da rádio Cultura PRD-4, de Araraquara, publicadas em livro no mês de setembro de 1937. Após curta enfermidade, desencarnou vítima de um aneurisma cerebral. Na mesma noite, através do médium Urbano de Assis Xavier, supostamente comunicou-se e sugeriu a seguinte frase para a lápide em seu túmulo: “Vivi, vivo e viverei porque sou imortal.”

Caibar Schutel é conhecido nos meios espíritas como o Apóstolo de Matão, e o espiritismo teve nele zeloso e esforçado propagador e um dos mais ardentes idealistas. Sua memória é cultivada com carinho e admiração. Cercado da consideração de seus familiares e de numerosos espíritas do Brasil e quiçá do mundo sentiram tão valiosa perda. Caibar de Souza Schutel foi um dos maiores vultos do espiritismo brasileiro. Tornou-se incansável propagador da Doutrina Cristã-Espírita foram editadas pela Casa Editora O Clarim, por ele fundada.

 

 

 

© Copyright 2018 - Rádio Rio de Janeiro

Tsuru Agência Digital
Desenvolvido pela