Blog

Rio de Janeiro ganha Fábrica de Árvores para produção de mudas

Por: Lohrrany Alvim
13/06/2021 – 11h05
O plantio das primeiras 10 mil árvores urbanas está previsto para 2023. (Foto reprodução Internet)

 

Mais uma notícia boa para a cidade do Rio de Janeiro. A Prefeitura inaugurou o projeto da primeira Fábrica de Árvores do município. Em parceria com a Farm, a iniciativa da Fundação Parques e Jardins e da Secretaria do Meio Ambiente tem como objetivo construir viveiros de árvores urbanas. Parques, praças e jardins públicos da cidade vão receber os primeiros viveiros.

Segundo o cronograma do projeto, as obras da Fábrica de Árvores devem levar cerca de nove meses para serem concluídas e o plantio das primeiras 10 mil árvores urbanas tem previsão de início no ano de 2023.

Esta é primeira vez que o Rio de Janeiro irá produzir suas próprias mudas de alta qualidade para plantios urbanos em áreas da cidade. Antes, as árvores eram importadas de Belo Horizonte e São Paulo. O projeto da Fábrica de Árvores foi desenvolvido a partir do conceito de economia circular, que prevê um ciclo ecológico em que novas mudas são produzidas e alimentadas a partir do material orgânico vindo das podas realizadas nos espaços.

“Precisamos marcar que a força econômica dessa cidade tem a ver com essa nova economia, com design, moda, economia criativa e com sustentabilidade. Essa é a marca do Rio. A gente precisa de projetos que são abraçados pela população, como este, que já nasce com uma superparceria. Uma rua arborizada faz toda a diferença”, enfatizou o prefeito Eduardo Paes.

Por meio de Termo de Cooperação, a Farm investiu R$350 mil para a implantação do projeto. A doação faz parte de um conjunto de ações de um programa próprio da empresa denominado “Mil Árvores Por Dia”, em território nacional.

 

 

Rio em 9º lugar

Os viveiros serão construídos na Fazenda Modelo, em Guaratiba, Zona Oeste, que tem um espaço de 15 mil m². Em um ano, a Fábrica de Árvores irá produzir dez mil mudas para o Rio. Esse número deve ajudar a cidade a ganhar algumas posições no censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. De acordo com o último balanço, o Rio é a 9ª cidade mais arborizada do Brasil.

Em primeiro lugar está Goiânia, com 89,5% de área verde, seguida por Campinas (88,4%), Belo Horizonte (83%), Porto Alegre (82,9%), Curitiba (76,4%), São Paulo (75,4%), Fortaleza (75,2%), Guarulhos (72,4%), Rio de Janeiro (72,2%) e Recife (60,8%). As espécies mais plantadas na cidade do Rio são escumilha, sibipiruna, ipê-rosa, oiti, ipê-amarelo, aldrago, aroeira, ipe-branco, pau-ferro e pau-brasil.

 

Ação da Cedae

A Companhia Estadual de Águas e Esgotos também está contribuindo para um Rio de Janeiro mais sustentável. Mais de 19 mil mudas serão distribuídas para 11 municípios do Estado do Rio de Janeiro ao longo deste mês em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente, que foi comemorado em 5 de junho.

Já foram doadas mais de três mil plantas para cidades da Região Metropolitana (Rio de Janeiro, Nova Iguaçu, Itaboraí e Seropédica). As demais 16,2 mil mudas serão distribuídas até o fim do mês para projetos de recuperação de áreas degradadas de nascentes em São Fidélis e para projetos de reflorestamento em Paty do Alferes, Rio das Flores, Cachoeiras de Macacu, Barra Mansa, Bom Jardim e Itaocara.

Veja também: Companhia de gás anuncia plantio de uma árvore para cada cliente que optar por boleto digital em São Paulo

> Voltar

© Copyright 2018 - Rádio Rio de Janeiro

Tsuru Agência Digital
Desenvolvido pela